Imigrantes atendidos pelo CIC ganham acesso a serviços digitais para regularizar documentos

 

A partir desta sexta-feira (07), pessoas em situação de vulnerabilidade cadastradas e atendidas pelo Centro de Integração da Cidadania (CIC) do Imigrante terão acesso a plataformas digitais disponibilizados pela Polícia Federal para agendar serviços de regularização de documentos.

O CIC do Imigrante é um programa da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, com o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e da Organização Internacional para Migrações (OIM).

Serão oferecidas os seguintes atendimentos: renovações de protocolo de refúgio; registro de refugiado reconhecido; emissão de segunda via de Carteira de Registro Nacional Migratório mediante apresentação de boletim de ocorrência de roubo/furto/extravio); renovações de prazo de autorização de residência por prazo determinado para os seguintes casos: cidadãos do Mercosul e acolhida humanitária (Haiti); autorização de residência para imigrantes do Senegal, República Dominicana, que possuíam processo de solicitação de refúgio, e cidadãos da Venezuela, nos casos previstos na portaria interministerial 19/2020.

As organizações da sociedade civil que atendem, de forma gratuita, imigrantes em situação de vulnerabilidade, interessadas em apoiar esta ação devem entrar em contato com o CIC do Imigrante, localizado na Rua Barra Funda, 1.020, Santa Cecília.

Telefone/WhatsApp: (11) 3115-2048

E-mail: cicdoimigrante@gmail.com