Apoio à Vítima - CRAVI realiza encontro com novos estagiários de psicologia

 

O Centro de Referência e Apoio à Vítima (CRAVI), um programa da Secretaria da Justiça e Cidadania, realizou nesta terça-feira (06) o primeiro encontro de supervisão dos novos estagiários de Psicologia que irão atender as vítimas de violência doméstica que chegam ao programa via audiências de custódia.

Desde o início da pandemia em razão da Covid-19, os atendimentos do CRAVI ocorrem via telefone e internet.

Em maio de 2020, o CRAVI e a Pontifícia Universidade Católica (PUC), por meio dos Núcleos de Psicanálise: práticas clínicas e saúde, Psicologia: Contextos em Crise: intervenções clínico-institucionais, e Vulnerabilidades: a clínica das dependências e o mundo contemporâneo, firmaram uma parceria com o objetivo de propagar a nova forma de atendimento do programa durante o distanciamento social a pessoas que sofrem diversos tipos de violência, entre elas, a doméstica.

A psicóloga do CRAVI e supervisora do estágio, Priscila Santos Martins D'Auria, ressaltou a importância da parceria. “É fundamental que esta nova geração entre em contato com este público feminino que precisa de ajuda não somente na pandemia, mas também para compreender a desigualdade de gênero a que estão submetidas socialmente".