Secretaria da Justiça e Cidadania realiza casamento comunitário

O governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, participou neste domingo, 12 de junho, do casamento comunitário de 233 casais organizado pela Secretaria da Justiça e Cidadania (SJC), por meio do Centro de Integração da Cidadania (CIC) no Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro durante o clima romântico do Dia dos Namorados.

A ação foi destinada a casais com renda total de até três salários-mínimos e contou com música, tapete vermelho, decoração, sorteios de brindes, fotos e convidados. As noivas receberam uma linda necessaire confeccionada pelas alunas da Escola de Moda e Arte do Fundo Social de São Paulo.

“Casamento é cumplicidade, é respeito, é perdão. Quero cumprimentar a todos que estão aqui celebrando esse momento feliz da vida de vocês. Eu, particularmente, tenho dois grandes amores na minha vida: primeiro a minha família e depois São Paulo. É muito bom poder estar aqui celebrando a vida, a união, o compromisso”, disse Rodrigo Garcia. 

Cerca de três mil pessoas estiveram presentes na cerimônia, entre testemunhas, convidados, damas/pajens de honra, juízes de paz e produtores. Foram inscritos, até o dia 13 maio, 648 casais, sendo que 300 comprovaram renda e atenderam à exigência de documentação, tornando-se habilitados a participar do evento. 

Muitos dos casais presentes já viviam juntos e tinham o sonho do casamento civil, mas não conseguiam arcar com as despesas. Só de cartório, por exemplo, dependendo da cidade, entre proclamas e registros, os custos ficam entre R$ 500,00 e mais de R$ 1 mil. 

Em 2022, o secretário da Justiça e Cidadania, Fernando José da Costa, definiu, pela primeira vez, que as inscrições (de 11 de abril até 13 de maio) fossem disponibilizadas para todas as 18 unidades do CIC, localizadas na capital, na Grande São Paulo, no litoral e no interior do Estado. 

“O casamento comunitário gratuito é uma importante oportunidade para a população, especialmente a mais vulnerável, oficializar uma união, que às vezes já existe há anos. Muitos têm até filhos. Importante não só para o casal, mas para a segurança dos filhos e da família”, afirma Fernando José da Costa.

De 2004 a 2021, o CIC realizou 62 casamentos comunitários, unindo um total de 5,9 mil casais. Com a pandemia da Covid-19, a tradição foi interrompida em 2020, mas foi retomada no fim do ano passado, respeitando todos os cuidados sanitários, inclusive a exigência de comprovação da vacinação. Em 2021, 60 casais se casaram em evento organizado apenas pelo CIC Norte/Centro de Tradições Nordestinas.