Coordenação de Politicas para a População Negra e Indígena participa de reunião ordinária do Centro de Equidade Racial

 

O coordenador de Políticas para a População Negra e Indígena da Secretaria da Justiça e Cidadania, Antonio Carlos da Silva Barros, participou da reunião ordinária do Centro de Equidade Racial do Estado de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes.

Durante o encontro foram discutidas diversas políticas públicas para a população negra, e questões voltadas às comunidades quilombolas.

Outro ponto de destaque da reunião foi a apresentação do programa Bolsa Empreendedor que oferece qualificação, formalização de micro empreendedores e bolsa auxílio de até R$ 1.000,00(mil reais), que terá como prioridade a população preta, parda e indígenas, além mulheres, pessoas com deficiências, e de baixa renda.

 “Alimentação sustentável, qualificação, e formação profissional são ações afirmativas que, neste momento de pandemia, são essenciais para a comunidade negra, uma vez que representam mais de 50% da população, ressaltou Antonio Carlos, coordenador da CPPNI.  

Participaram da reunião os membros do Centro de Equidade Racial, representantes da Fundão Itesp, da Fundação Florestal, e um quilombola do Vale do Ribeira.

 

Centro de Equidade Racial

O Centro de Equidade Racial é composto por 20 secretarias de Estado, incluindo o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paulo e a Coordenação de Políticas para População Negra e Indígena. Tem como objetivo implementar ações que fortaleçam a Comunidade Negra do Estado em seus mais diversos âmbitos.