Artigo - 17 de maio- Dia Internacional de combate a LGBTIfobia

              Marcelo Martins Gallego

 

Há 30 anos a Organização Mundial de Saúde retirou a homossexualidade da lista de distúrbios mentais da Classificação Internacional de Doenças (CID).

O dia 17 de maio se tornou simbolicamente o Dia Internacional de Combate a LGBTIFOBIA.

O Brasil, infelizmente, é um dos países que mais viola os direitos da população LGBTQIA+.

É importante lembrar que, apesar de estarmos vivendo em isolamento social (em razão do COVID-19/SARS-02), a pessoa vítima de LGBTIFOBIA pode procurar os canais oficiais de denúncia.

Em São Paulo, estado pioneiro no enfrentamento da violência por orientação sexual e identidade de gênero, temos a Lei 10.948/01, que pune administrativamente atos LGBTIfóbicos.

As denúncias podem ser direcionadas para a Ouvidoria da Secretaria da Justiça e Cidadania no endereço eletrônico: https://www.ouvidoria.sp.gov.br/Portal/Identificado.aspx

Trabalhamos diariamente para que todas e todos tenham o direito de viver com dignidade e respeito.

 

 

                                                     Marcelo Martins Gallego é coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria da Justiça e Cidadania

 

 

 

Compartilhe esta notícia: