Diversidade Sexual - Secretaria da Justiça denuncia apresentador por eventual discriminação homofóbica

 

A Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual, da Secretaria da Justiça e Cidadania, abriu nesta quinta-feira (17) um expediente preliminar nº SJC-EXP-2020/02330, de apuração de denúncia homofóbica, com base na Lei Estadual nº 10.948/2001, que pune administrativamente a discriminação em razão da orientação sexual ou identidade de gênero, contra um radialista e apresentador de programa veiculado pela internet.

A Pasta tomou conhecimento, por meio de midias sociais, que  durante uma entrevista com uma jornalista sobre os 70 anos da televisão brasileira, o denunciado teria ameaçado bater em casais gays caso os visse se beijando na sua frente.

Após a análise dos fatos, poderá ser instaurado um processo administrativo. 

Compartilhe esta notícia: