Vinculadas - Ipem-SP verifica metro comercial no fabricante na Vila Maria, zona norte da capital

 

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, que tem como objetivo defender o consumidor, realizou na sexta-feira, 9 de outubro, a verificação inicial de 300 metros comerciais na empresa Plastmetro, na Vila Maria, bairro da zona norte da capital. 

O metro comercial é uma medida materializada de comprimento geralmente utilizada nas lojas de tecidos de venda a varejo. Pode ser construído em metal, madeira ou outro material rígido, como o PVC, e deve ter, naturalmente, um metro de comprimento de uma extremidade a outra (de topo a topo), e as extremidades devem ser protegidas para evitar desgaste. A escala, graduada em centímetros e milímetros, deve ter cor contrastante com o fundo.  Os traços de referência dos centímetros devem ser maiores do que os meios centímetros, que por sua vez devem ser maiores que os milímetros. 

 Como todo instrumento sujeito à metrologia legal, o metro comercial deve passar por verificação inicial (no fabricante, antes de ser comercializado) e verificação subsequente, que aqui no Estado de São Paulo é feita pelo menos uma vez ao ano pelo Ipem-SP. As medidas aprovadas recebem a marca de verificação do Inmetro com o ano de validade. As medidas reprovadas em verificação subsequente são apreendidas e inutilizadas, e dependendo do caso o responsável é autuado. 

 É preciso ter muita atenção ao adquirir produtos medidos na sua presença. O metro comercial não pode ser fixado no balcão, e muito menos marcado nele. Observe a existência do selo de verificação do Inmetro e acompanhe de perto a medição. 

 Para mais detalhes técnicos consulte o Regulamento Técnico Metrológico anexo à Portaria Inmetro 145/1999. 

 A ação foi realizada pela equipe de fiscalização da regional do instituto na zona norte da capital. 

 

Ipem-SP 

  

O Ipem-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Com uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos, realiza diariamente, em todo o Estado de São Paulo, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carro para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais e instrumentos. É seu papel também defender o consumidor para que este leve para casa a quantidade exata de produto pela qual pagou. Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: ouvidoria@ipem.sp.gov.br. 

 

Com informações da Assessoria de Imprensa do IPEM/SP.

 

Compartilhe esta notícia: