Cidadania - CPPNI promove live” Mulher Negra no Esporte” neste sábado (25)


Para celebrar o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana  e Caribenha, a Coordenação de Políticas para a População Negra e indígena, da Secretaria da Justiça e Cidadania, promoverá neste sábado (25), às 16h, via Instagram da SJC, a live “Mulher Negra no Esporte”.  Para participar basta acessar: @justicasp

A transmissão contará com a participação de Ângela Stella de Moraes, ex-jogadora de vôlei que desempenhou nas quadras a função de central. Atuou na Seleção Brasileira e em diversos clubes, entre eles, Pão de Açúcar, Santo André, BCN Osasco, Rexona Cimed Macaé. Teve passagem pelo vôlei italiano e atualmente dedica-se ao vôlei de praia.

A live será mediada pela coordenadora da CPPNI, Regina Laura Morais Marinho.

 

SOBRE O DIA  25 de JULHO

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha é celebrado dia 25 de julho. Nessa data também é comemorado o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

Em 1992, um grupo de mulheres negras oriundas dos países da América Latina reuniu-se em Santo Domingos, na República Dominicana, para a realização do primeiro Encontro de Mulheres Negras Latinas e Caribenhas. Ali discutiram problemas que afetam a todas as mulheres em geral, como machismo, formação educacional e profissional, maternidade.

Também trataram de questões específicas, como o racismo, preconceito e a situação de inferioridade que se encontram em relação às mulheres brancas.

A fim de chamar a atenção para esta problemática, a data de 25 de julho ficou estabelecida como o Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha.
Em 2014, a Lei nº 12.987, instituiu 25 de julho o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

 

 

 

Compartilhe esta notícia: