Coordenação da Mulher promove live “Trabalhadora doméstica e os desafios durante a pandemia” nesta quarta-feira (21)

 

Para celebrar o Dia Internacional do Trabalhador Doméstico, comemorado em 22 de julho, a Coordenação de Políticas para Mulher realizará nesta quarta-feira (21), às 14h, a live” Trabalhadora doméstica e os desafios durante a pandemia”, com transmissão pelo Youtube da Secretaria da Justiça e Cidadania- Canal da Cidadania.

Para participar acesse o link: https://youtu.be/OhtU52t_Az0

O encontro contará com a participação da Presidente do Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos da Grande São Paulo (Sindoméstica-SP), Janaina Mariana de Souza, que está à frente do Sindicato e da Federação das Domésticas do Estado de São Paulo como presidente desde 2015. Em 2020 com a pandemia coordenou campanhas de arrecadações de alimentos, que resultaram em milhares de cestas básicas que foram entregues para domésticas que perderam seus empregos. Além disso, conseguiu o Benefício + Familiar que assegura ao trabalhador doméstico em situação de vulnerabilidade diversos benefícios, entre eles, auxílio cesta básica, farmácia, e apoio funeral.

A Live também terá com a presença da advogada do Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos da Grande São Paulo Sindoméstica-SP, Nathalie Rosário de Alcides, graduada em Direito com  especialização em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Participa do movimento sindical em prol da categoria doméstica desde 2015. É mediadora e conciliadora certificada pela CAMCESP.

A live será mediada pela coordenadora de Políticas para Mulher da SJC, Edna Martins, graduada em Ciências Sociais e doutorado em Linguística pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), e especialização em Gestão Pública pela Universidade Federal de São João Del Rey. Além das atividades acadêmicas, fundou o Cedro Mulher - Centro de Defesa dos Direitos da Mulher, coordenou o curso de Promotoras Legais e o Projeto 100 Cittá - Programa Internacional de Combate à Violência Contra às Mulheres/ qualificação de servidores para o enfrentamento da violência, participou de eventos, palestras, e outras ações direcionadas à pauta da mulher, entre elas, a 4ª Conferência Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres.   A coordenadora teve uma trajetória na política, onde exerceu a função de vereadora do município de Araraquara por três mandatos.