CIC prestou 3.425 atendimentos durante Cidadania em Movimento no município de Embu Guaçu

O secretário executivo da Justiça e Cidadania, Luiz Orsatti Filho, acompanhou no sábado (4) a ação Cidadania em Movimento promovida pelo Centro de Integração da Cidadania (CIC) na Escola Municipal Amanda Consuelo da Cunha, localizada na Rua Filarina Alves de Oliveira, 75 - Parque São Paulo, no município de Embu Guaçu.

Mais de 3.400 atendimentos foram prestados durante o evento que tem como objetivo facilitar o acesso da população a serviços públicos e privados, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e com o desenvolvimento local.

Rafaela Silva Rodrigues Paiva ficou sabendo da programação e participou com os filhos. Passou pelo serviço de esmaltação, maquiagem e corte de cabelo. “É bom para gente fazer tantas coisas legais sem custo. Eu fiquei feliz e as crianças mais ainda porque puderam brincar”, comentou.

Ana Lucia de Oliveira Telles chegou logo no início do Cidadania em Movimento para solicitar a segunda via da Certidão de Nascimento do neto. “Se não fosse essa oportunidade, eu não teria como pagar por agora. E, quando pudesse, precisaria ir até Santo Amaro, que está a quase duas horas daqui. Ganhei tempo e economizei”, afirmou a munícipe. Ana Lucia aproveitou a ocasião para cortar o cabelo do netinho, que só pensava em se jogar na piscina de bolinhas instalada no local.

A criançada se divertiu enquanto os pais eram atendidos pela equipe do CIC. Entre um pulo e outro na cama elástica, pipoca e algodão doce para deixar o dia mais gostoso. Heloísa, de 2 aninhos, brincou com os amiguinhos exibindo uma joaninha pitada na bochecha rosada.

Deozileia Silva Cabral, mudou de endereço recentemente e foi a primeira a ser atendida pela equipe do Cadastro Único. “A ajuda que recebo é muito importante. Com o benefício eu compro comida e leite para as crianças. Eu moro de aluguel, sem o auxílio ficaria tudo mais difícil”, contou.

Johnatan Leal, de 27 anos, passou pelo atendimento da Defensoria Pública. “Eu queria saber como resolver um problema com o meu pai. Fui orientado e também consegui solução para uma pendência que eu tinha da pensão da minha filha. Tudo foi resolvido. Ele me ajudou muito, abriu meus olhos”, agradeceu.

Peterson Patrick de Oliveira, de 19 anos, sentia muita dificuldade para ler, dor de cabeça e ardência nos olhos. Após passar pelo exame de vistas, descobriu o motivo do desconforto e a solução: óculos de 3 graus. “Foi ótimo passar pelo exame e agora vou me cuidar”, garantiu.

 

Lucimar Gonçalves de Menezes aproveitou o Cidadania em Movimento em Embu Guaçu para tomar a dose de reforço da Covid 19. “É um alívio”, suspirou sorrindo com olhos e com esperança de dias felizes para ela, a família e todos que trabalharam para oferecer mais de 30 serviços para a população.

Durante a ação foram disponibilizados os serviços abaixo:

2ª via de certidão de nascimento, casamento e óbito;
2ª via de CPF; 2ª via de contas de água e luz (caso esteja cadastrado no órgão responsável);
Atestado de antecedentes Criminais;
IIRGD com 1ª via da Carteira de Identidade para menores;
Pesquisa de número do título de eleitor;
Casa do Cidadão;
Sebrae;
Banco do Povo;
Vagas de emprego (RG, CPF, carteira de trabalho e nº do PIS se tiver);
Orientação sobre a carteira de trabalho digital;
Cadastro único;
Procon;
Junta Militar;
Defensoria Pública com orientação jurídica;
Educação em saúde bucal com distribuição de escovas dentais;
Orientação nutricional;
Aferição de pressão arterial;
Aferição de glicemia;
Aplicação da vacina do covid-19;
Exame de vista;
Orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis;
Distribuição de preservativos;
IMESC – Investigação de paternidade;
Corte de cabelo masculino e feminino;
Esmaltação;
Designer de sobrancelhas;
Limpeza de pele;
Orientação para maquiagem;
Roda de capoeira;
Roda de hip hop/dança.

O evento foi promovido em parceria com a Prefeitura de Embu Guaçu e pelos CIC Feitiço da Vila, CIC Grajaú e CIC Sul.

 

O CIC

O Centro de Integração da Cidadania (CIC) é um programa da Secretaria da Justiça e Cidadania que tem como missão promover o exercício da cidadania por meio da participação popular e garantir formas alternativas de Justiça, tendo como objetivos o acesso à Justiça; a prestação de serviços gratuitos; a articulação e o fortalecimento de redes e ações comunitárias; e a educação para cidadania e direitos humanos.

O CIC possui 18 unidades na Capital, na Grande São Paulo, no litoral e no interior do estado, geralmente em regiões de grande vulnerabilidade social. Na capital são 8 unidades: CIC do Imigrante (Barra Funda), Leste (Itaim Paulista), Oeste (Jaraguá), Sul (Jardim São Luís), Norte (Jaçanã), Casa da Cidadania (Jabaquara), Feitiço da Vila (Valo Velho) e Grajaú. Na Grande São Paulo são 4 unidades: Guarulhos, Pirapora do Bom Jesus, Francisco Morato e Ferraz de Vasconcelos. No interior, o CIC possui unidades em Campinas, Jundiaí, Laranjal Paulista, Cajamar e Juquiá. Há, ainda, uma unidade no litoral, em São Vicente.