Palácio dos Bandeirantes - Teleaudiências: cooperação busca ampliação e inovação tecnológica

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, e o presidente do Tribunal de Justiça, Geraldo Francisco Pinheiro Franco, assinaram nesta quinta (12) o termo de cooperação para ampliar as teleaudiências no estado de São Paulo. Foi criado um grupo de trabalho que terá 120 dias para apresentar soluções tecnológicas com o objetivo de otimizar recursos financeiros e ampliar o atendimento.  O secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Paulo Dimas Mascaretti, também participou da cerimônia de assinatura.

 

Hoje, existe em média 15 mil teleaudiências por ano num universo dez vezes maior de escoltas realizadas no estado entre audiências e atendimento médico em todo o estado de São Paulo, a ampliação do Sistema de Teleaudiência Criminal, incluindo o uso de novas tecnologias, vai mudar este quadro.

 

O grupo de trabalho é composto por secretarias e outros órgãos do Executivo: Governo (coordenando os trabalhos), Administração Penitenciária, Segurança Pública. Procuradoria Geral do Estado, Fundação Casa, Companhia de Processamento de Dados (Prodesp) e seis representantes do Poder Judiciário.

 

“Acredito na teleaudiência e daremos todo apoio e mais recursos para que a Secretaria de Administração Penitenciária possa adquirir equipamentos e tecnologia para implantação”, afirmou o governador João Doria.

 

“Temos que modernizar a Justiça para agilizar os processos que tramitam nos fóruns do Estado de São Paulo. A teleaudiência é o caminho para inovação na prestação deste serviço público”, destacou Paulo Dimas, secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA. “Temos que ampliar esses espaços de teleaudiência. Desta forma, estamos analisando também as possibilidades de instalar esses equipamentos na Fundação CASA”.

Compartilhe esta notícia: