Institucional - CASA homenageia profissionais na Semana da Enfermagem

 

Celebrações acontecem entre os dias 12 e 20; conheça a história em quadrinhos contra a COVID-19 criada por um enfermeiro

 

Em vídeo e redes sociais, a Fundação CASA homenageia os profissionais de enfermagem da Instituição durante as celebrações da Semana da Enfermagem que acontecem no país de 12 a 20 de maio. Enfermeiros e técnicos e auxiliares de enfermagem atuam na atenção à saúde e ainda promovem atividades educativas com adolescentes e servidores.

 

Confira o vídeo no CASAPlay.

 

Representando todos os profissionais de enfermagem da CASA, uma delas é a história em quadrinhos sobre a pandemia da COVID-19, criada pelo enfermeiro Cirilo Braga Neto, que atua na Unidade de Atenção Integral à Saúde do Adolescente (UAISA), da Divisão Regional Metropolitana Campinas (DRMC). Foi mais um material didático, utilizado nos CASAs Limeira e Morro Azul, em Limeira, para esclarecer sobre a doença e ensinar sobre a prevenção.

 

“É uma história em que tentamos, num processo de trabalho, inserir como mais uma ação capaz de conduzir as orientações para que todo mundo realmente reflita e compreenda melhor todas as questões sobre o Coronavírus”, explicou Braga Neto.

 

A homenagem mostra o quanto os profissionais da enfermagem da Fundação CASA atuam de forma contínua e dedicada à vida dos atendidos.

 

Sobre a Semana da Enfermagem

 

A Semana da Enfermagem foi instituída no Brasil na década de 1940, para homenagear os profissionais que cuidam e observam o paciente no seu processo de restabelecimento da saúde.

 

O dia 12 de maio foi escolhido como Dia Mundial do Enfermeiro em homenagem ao nascimento de Florence Bightingale, em 1820, uma mulher pioneira que se tornou a primeira enfermeira moderna.

 

No século XIX, a sociedade britânica destinava às mulheres exclusivamente os papéis de esposa e mãe. Florence rebelou-se contra isso e se tornou enfermeira, uma profissão até então exercida frequentemente por freiras.

 

Ela atuou na Guerra da Crimeia (1853-1856) organizando e chefiando uma equipe de 38 enfermeiras voluntárias e também se dedicou à docência, para que a enfermagem adquirisse um caráter profissional

 

Já o dia 20 de maio homenageia a data em que faleceu a enfermeira brasileira Ana Néri (1814-1880), uma mulher da elite brasileira que deixou a vida de posses para atuar voluntariamente como enfermeira, cuidando dos soldados brasileiros nas frontes da Guerra do Paraguai (1865-1870).

Compartilhe esta notícia: