Cidadania - CIC de Guarulhos ganha Centro de Referência em Direitos Humanos

O Centro de Integração da Cidadania (CIC) Guarulhos, em parceria com a Prefeitura de Guarulhos, inaugurou na manhã de sábado (11), o Centro de Referência em Direitos Humanos – Pimentas (CRDH), iniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. O secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti, participou da solenidade e falou sobre a relevância do equipamento público para a população.

“Estamos aqui para levar políticas públicas para quem mais precisa”, salientou. “Aquele que tem uma função pública é um agente da esperança e da paz. E este espaço está sempre aberto para ações de cidadania”, reforçou.

Durante a inauguração, Paulo Dimas Mascaretti reafirmou o seu compromisso com a cidadania e a justiça. “Somos todos servidores do povo de São Paulo”, acentuou.

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Guti, falou das ações desenvolvidas pela prefeitura de Guarulhos e da importância da inauguração do novo espaço. “Todos unidos, caminhando juntos com um só propósito: a melhora do coletivo”, afirmou o prefeito, ao citar os parceiros da ação.

O CRDH funcionará no CIC Guarulhos, que fica na estrada do Capão Bonito, 53, região do Pimentas. Já funcionam no local postos do Procon, do Centro Integrado de Emprego, Trabalho e Renda (CIET), do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O Centro de Referência é um equipamento voltado para garantir os direitos das populações vulneráveis. Também será um canal de comunicação da população da região com as subsecretarias municipais de Acessibilidade e Inclusão, da Igualdade Racial, da Juventude, da Diversidade, das Mulheres e do Idoso, todas vinculadas à Secretaria de Direitos Humanos do município de Guarulhos.

 

Na ocasião, o CIC Guarulhos também participou, das 10h às 15h, da ação social denominada ISLAM Solidário, promovida pela Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), realizada na Avenida do Sacramento, próxima à sede do CIC da região.

O CIC Guarulhos ofereceu aos cidadãos orientação sobre os serviços prestados pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, e orientações de profissionais da Defensoria Pública, garantindo à população o acesso à Justiça. Os moradores do entorno também tiveram disponíveis serviços de beleza, como corte de cabelo, limpeza de pele e massagem.

A ação social ainda contou com orientação a serviços de saúde, como exames de hipertensão, diabetes, colesterol, hepatice C, oftalmológico (com distribuição de óculos), orientação nutricional e odontológica e prevenção do câncer de mama, além de serviços de cidadania, cultura e lazer.

Os munícipes também puderam participar de atividades recreativas, entre elas pintura de rosto, escultura de bexiga, apresentações de capoeira, caratê e balé. Houve, ainda, distribuição de doces, pipocas e algodão doce para as crianças.

Durante o sábado, das 10h às 16h, a unidade do CIC Guarulhos também atendeu os munícipes e ofereceu serviço de emissão de 1ª e 2ª via de carteira de trabalho, de 1ª via do RG para menores, e orientação e atendimento do Procon, do IPEM, do CRAS, da Sabesp-SAAE, da Defensoria Pública e da OAB.

Estiveram presentes na ação, o secretário municipal de Diretos Humanos, Lameh Smeli; o vereador Moreira, representando o legislativo  municipal; o diretor de assuntos islâmicos da União Nacional das Entidades Islâmicas, sheik Mohamad Al Bukai; o sub diretor de Direitos Humanos, tenente coronel Melim, representando o comandante geral da PM; a diretora do CIC Guaruhos, ida Rosana de Andrade; Sonia Regina Silva Barros, representando o Procon/Guarulhos; e o presidente da Associação do Inoocop, Wellington Pinheiro.

CIC

O Centro de Integração da Cidadania é um programa da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo. Nas 17 unidades do CIC (Cajamar, Campinas, Casa da Cidadania, Feitiço da Vila, do Imigrante, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Grajaú, Guarulhos, Jundiaí, Leste, Norte, Oeste, Sul, Pirapora do Bom Jesus, Laranjal Paulista e São Vicente), localizadas preferencialmente em regiões de grande vulnerabilidade social, a população tem acesso a serviços de emissão de documentos, cursos profissionalizantes, casamentos comunitários, núcleo de mediação de conflitos, orientação ao consumidor pelo Procon-SP, além de acesso à justiça gratuita por meio da Defensoria Pública.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider
 

Secretaria da Justiça e Cidadania

Email: justica@justica.sp.gov.br

Tel.: (11) 3291-2612

Compartilhe esta notícia: